SETPES - Apresentação - Bilhetagem
Área Restrita - Somente para empresas associadas

Home > Apresentação - Bilhetagem

Bilhetagem Eletrônica - Apresentação


COMO FUNCIONA?
O sistema de bilhetagem eletrônica utiliza cartões dotados de um chip de memória e segurança, dispositivo onde ficam armazenados os créditos equivalentes ao número de passagens que o usuário adquirir. O cartão é recarregável, substitui o dinheiro, os passes escolares e os vales-transportes de papel e é aceito pelo Sistema de Transporte Municipal de Vitória. Quando o usuário aproxima o cartão do validador (equipamento de leitura do cartão) que fica dentro do ônibus, o valor da passagem é descontado dos créditos armazenados no cartão, e a catraca é então liberada.
Uma das vantagens da bilhetagem eletrônica é a praticidade. Ela torna mais fácil o embarque, descomplicando a vida dos usuários, que não precisam mais aguardar pelo troco antes de passar pela catraca. Quem embarcar sem o cartão poderá pagar a tarifa em dinheiro ao cobrador.
A bilhetagem automática/eletrônica foi implantada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Espírito Santo (SETPES) e pela Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória (Setran/PMV). O SETPES é o responsável pela comercialização e distribuição dos créditos eletrônicos, cabendo à Setran/PMV a fiscalização do sistema.

VANTAGENS
A segurança dos créditos é um dos atrativos da bilhetagem automática/eletrônica. Segurança porque o usuário pode bloquear o seu cartão em caso de perda ou roubo, bastando, para isso, comunicar o fato ao serviço de atendimento ao cliente, o Fale SETPES (27 2125-7602) de forma simples e rápida ou pelo email sac@setpes.org.br. Além disso, os créditos que não tiverem sido utilizados até o momento do bloqueio serão restituídos em um novo cartão, com toda a tranquilidade que a nova tecnologia oferece. O bloqueio do cartão nos validadores dos ônibus acontecerá no primeiro dia após o registro da solicitação no SAC. O desbloqueio do cartão somente será efetuado mediante a apresentação do cartão bloqueado, exclusivamente pelo titular, no caso do cartão Siga Vitória Passe Escolar, Cidadão, Gratuidades (idoso e deficiente) e/ou o representante do empregador, no caso do cartão Siga Vitória Vale-transporte, junto à sede administrativa do SETPES, localizado na Rua Constante Sodré, 265, Bairro Santa Lúcia, Vitória.
Além de reduzir a quantidade de dinheiro circulando nos ônibus, a bilhetagem também contribui para a diminuição dos riscos de assalto nos coletivos. A praticidade e a agilidade são mais dois aliados do sistema. Nada de moedas caindo pelo chão nem de tempo perdido aguardando o troco. Basta apresentar o cartão ao cobrador e aproximá-lo do validador para ter sua passagem liberada. Em troca, o usuário terá agilidade no embarque. Problemas com troco para notas de alto valor agora são fatos do passado para quem opta pela modernidade ofertada pela bilhetagem eletrônica.
A bilhetagem também foi pensada com objetivo de inviabilizar fraudes no sistema de transporte, já que a tecnologia utilizada impede clonagens e falsificações dos cartões.
Com dados operacionais mais precisos sobre o fluxo de passageiros e a quilometragem percorrida em cada viagem, será possível otimizar o transporte coletivo urbano, identificar novas demandas e redistribuir o número de viagens nas linhas existentes para a busca de melhoria contínua da oferta do serviço de transporte à população.

ONDE A BILHETAGEM FOI IMPLANTADA
A bilhetagem eletrônica foi implantada nos ônibus do Sistema Municipal de Transporte de Vitória. Com isso, todas as empresas que operam o sistema municipal – Grande Vitória, Unimar e Tabuazeiro ¬¬¬ ¬¬– instalaram em seus ônibus catracas eletrônicas. A bilhetagem atende, por dia, cerca de 115 mil passageiros, que atualmente são transportados na frota municipal, perfazendo um total de 3,2 milhões de usuários transportados/mês.

OS DIFERENTES TIPOS DE CARTÃO:
Confira os tipos de cartões para os passageiros que utilizam a bilhetagem eletrônica:

Siga Vitória Vale-Transporte:
Atende as pessoas que possuem direito ao vale-transporte. O usuário deve lembrar que os cartões são cedidos em comodato à empresa/empregador onde trabalha, a quem cabe gerir o processo de aquisição junto ao SETPES, bem como a sua manutenção de saldos e créditos. Não possui carga mínima de armazenamento de créditos e é recarregável.

Siga Vitória Serviço:
Atende as demandas de serviço externos das empresas. O usuário deve lembrar que também a propriedade do cartão é da empresa onde trabalha, a quem cabe gerir o processo de aquisição junto ao SETPES, bem como a sua manutenção de saldos e créditos. Não possui carga mínima de armazenamento de créditos e é recarregável. Os cartões são cedidos em comodato à empresa/empregador.

Siga Vitória Cidadão:
É uma opção de cartão para o usuário que paga a tarifa com dinheiro. Destina-se à população em geral que não é beneficiária do vale-transporte ou do passe escolar. O Siga Vitória Cidadão é recarregável e atende à demanda de passageiros do sistema que atualmente fazem o pagamento em dinheiro da tarifa. Carga mínima: 20 tarifas municipais.

Siga Vitória Estudante:
Substitui o passe escolar e é utilizado por todos os alunos da rede de ensino que utilizam o transporte coletivo de Vitória, contemplados pela legislação com o subsídio de 50% da tarifa, pagos pelo restante dos usuários do transporte coletivo. O cartão é recarregável traz a foto e os dados do beneficiário para a correta identificação pelo cobrador. Carga mínima de uma tarifa.
Siga Vitória Gratuidade: É oferecido às categorias que são beneficiadas por lei pela isenção da tarifa. Assim como o Cartão Siga Vitória Estudante, o Cartão Siga Vitória Gratuidade deve ser apresentado ao cobrador, que só depois de conferir a identidade do portador irá autorizar a sua passagem pela catraca.


OBSERVAÇÃO 1:
Os cobradores dos ônibus convencionais e expressos do sistema municipal de transporte de Vitória também possuem um cartão. Com o nome Cartão Siga Vitória Operador, sua principal função é habilitar o veículo para receber os demais cartões e registrar a abertura e encerramento de cada viagem. Os motoristas dos micro-ônibus também terão um cartão, já que esses coletivos não contam com a presença do cobrador.

OBSERVAÇÃO 2:
O uso do dinheiro não foi abolido para pagamento de passagens e continua sendo aceito nos ônibus, já que a aquisição do cartão não é obrigatória. Entidades envolvidas:
SETPES - Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Espírito Santo.
SETRAN/ PMV - Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória. Órgão Gestor que representa os interesses do Poder público da área municipal

Rua Constante Sodré, 265 - Santa Lúcia - CEP: 29055-420 - Vitória - ES - SETPES
SAC: (27) 2125-7602 Email: sac@setpes.org.br © Copyright 2011. Todos os direitos reservados